O Círculo Monárquico Brasileiro - CMB , nasceu com a necessidade de tornar o movimento monárquico numa organização com fins a restauração da Monarquia Parlamentar e Constitucional do Brasil.

Somos uma organização com representatividade em todo o território nacional. Reconhecemos a casa imperial, tendo como atual chefe, Dom Luiz de Orleans e Bragança, como detentores da coroa.

Temos como princípio, a ética, a moral, os bons costumes, o cavalheirismo, o respeito as tradições e a vontade democrática legitima do povo, afinal, a monarquia parlamentarista, tendo como base a defesa intrínseca da vida, tem como primordial oficio a representativa dos ensejos da população.

Temos como sistema organizacional, os núcleos, as regionais e chancelaria nacional, moderadas por um grande conselho. Não vemos a monarquia como algo intangível ou apenas histórico, e acreditamos que na atual conjuntura dos fatos, o povo já clama por seu Imperador, só ainda não percebeu!

Junta-se a nós e juntos nos engajemos nessa luta árdua, porem exitosa!

VIVA O IMPÉRIO DO BRASIL!

 

O que consta em Nosso Estatudo sobe o assunto:

Art. 1º

§ 1º – Somos um movimento político, mas suprapartidário; tradicional, mas laico; democrático no exercício pleno de suas atribuições e rígido no trato com políticos; moderado, mas não imparcial; reconhecendo legitimidade, mas sem bajulações ou busca de privilégios; concordando com o senso comum, mas sem radicalismos; apresentando soluções para todos os assuntos, excetuando o que for irrelevante à causa.

§ 2º – Reconhecemos a legitimidade Dinástica dos descendentes do filho da Princesa Isabel do Brasil, Dom Luiz Maria Philippe Pedro de Alcântara Gastão Miguel Gabriel Raphael Gonzaga de Orleans-e-Bragança, Príncipe do Brasil, Príncipe de Orleans-e-Bragança, Príncipe Imperial do Brasil, cognominado “Príncipe Perfeito”, e reconhece seu neto como o atual Chefe da Casa Imperial do Brasil, na pessoa do Príncipe Dom Luiz Gastão Maria José Pio Miguel Gabriel Raphael Gonzaga de Orleans e Bragança e Wittelsbach, e seus sucessores legítimos.

Art. 2º – Constituem objetivos do Círculo Monárquico Brasileiro:

I – divulgar a Monarquia Constitucional Parlamentarista, democrática e federativa, junto à população e aos poderes constituídos, visando o restabelecimento do Império do Brasil;

II – realizar pressão política por meios democráticos, com vistas à restauração do Império do Brasil;

III – debater o cenário político caótico, trazido com o advento da república em nossa terra Pátria;

IV – difundir atividades educativas, sociais, culturais e científicas, realizando pesquisas, conferências, seminários, cursos, treinamentos, editando publicações, vídeos, processamento de dados, assessoria técnica nos campos intelectual, educacional e sociocultural, bem como comercialização de publicações, vídeos, serviços e assessoria, camisetas, adesivos, materiais destinados a divulgação e informação sobre o objeto do CÍRCULO, desde que o produto de tais ações reverta-se integral, ou parcialmente, para a realização desses projetos;

V – estudar sobre as origens das monarquias, seus desenvolvimentos através da história como fator de civilização e progresso dos povos;

VI – aprofundar e divulgar estudos sobre o Império do Brasil, ressaltando seus grandes vultos, de modo particular as figuras exponenciais e os Imperadores do Brasil e suas contribuições para a formação da nacionalidade, na consolidação das instituições brasileiras e na projeção que deram ao Brasil no contexto mundial das Nações;

VII – difundir na imprensa os resultados dos estudos aludidos nos incisos anteriores, inclusive por meios de livros, artigos, comunicados de imprensa, cursos ou conferências, com vistas a esclarecer a opinião pública sobre os benefícios que podem trazer para o País e a restauração da monarquia constitucional parlamentarista; 

VIII – celebrar convênios e acordos com organismos governamentais e não- governamentais, nacionais e internacionais, visando a consecução de seus objetivos sociais;

IX – servir de apoio ou agenciar projetos de instituições idôneas, com representação comunitária legal e sem fins econômicos, em ações que visem a execução de seus objetivos estatutários, desde que estes venham ao encontro dos objetivos do CMB;

X – apoiar e promover ações voltadas para a defesa da ética na política e na administração pública;

E XI – apoiar e promover ações voltadas ao exercício da cidadania, respeito aos direitos humanos e defesa da soberania nacional em qualquer situação.